segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Olhar...




Meus caros,

sabem de quem é esse olhar???nem te conto já contando (rs) pois então, esse olhar é meu...
Agora assim como vocês devem estar se perguntando eu também estou, o porquê botei essa foto. Bom porque acho que o olhar diz muitas coisas, desde de tristezas a alegrias, consegue fazer qualquer pessoa tremer com um olhar bem dado.
Acho muito interessante o olhar das pessoas, tem pessoas que tem um olhar vago e tem outras que tem um olhar tão profundo que parece que vêem tudo que a pessoa pensa e sente, chega a dar um medo e tremedeira (rs). É intrigante como existem seres que nos deixam desconcertados só com o olhar, apenas com um olhar, mas porque será né? Confesso que até hoje não consegui achar a resposta de não conseguir olhar nos olhos de algumas pessoas por muito tempo como olho nos olhos de outras. E é isso que me deixa curiosa, o tal do mistério, mas enfim...não irei prolongar muito, então deixarei pra vocês o meu olhar 43 (nada de olhar 43, mas tudo bem rs) e também um poema do Fabrício Carpinejar e adaptado por Ana Carolina.


Desculpa
Te olho nos olhos e você reclama...
Que te olho muito profundamente.
Desculpa,
Tudo que vivi foi muito
profundamente...
Eu te ensinei quem sou...
E você foi me tirando...
Os espaços entre os abraços,
Guarda-me apenas uma fresta.
Eu que sempre fui livre,
Não importava o que os outros dissessem.
Até onde posso ir para te resgatar?
Reclama de mim, como se houvesse possibilidade...
De me inventar de novo.
Desculpa...
Desculpa se te olho profundamente,
rente à pele...
A ponto de ver seus ancestrais...
Nos seus traços.
A ponto de ver a estrada...
Onde ficam seus passos.
Eu não vou separar minhas vitórias
Dos meus fracassos!
Eu não vou renunciar a mim;
Nenhuma parte, nenhum pedaço do meu ser
Vibrante, errante, sujo, livre, quente.
Eu quero estar viva e permanecer
Te olhando profundamente.




6 comentários:

  1. pois é milena
    o olhar diz muitas coisas...concordo com o q vc disse...atraves de um olhar a gente pode descobrir algumas coisas que as vezes as proprias palavras não conseguem nos dizer
    muito massa
    bj

    ResponderExcluir
  2. "Olho nos olhos quero ver o que vc diz...", de Chico, o Buarque! Muito profunda, muito linda!
    Eu prezo olhos pequenos, tais como os meus, rs! São enigmáticos: nunca se sabe para onde olham, o que fitam, e não se permite descobrir a alma, tampouco saber o que sentem...
    São expressivos, ainda que pequeninos.
    ^^
    Uma piscadela minha para vc, Leninha!
    *com charme*
    Bjos...

    ResponderExcluir
  3. eiii Dudu, seus comentário sempre são bons meu caro.
    Ehhh Japa...você é tão modesta falando do seu olhar (rsrs) E sim, olhos pequenos são uma graça, porém não ache que por ter olhos pequenos ninguém consiga ver além dos seu olhos ok.
    ameii a "piscadela com charme" rs
    Bjssss

    ResponderExcluir
  4. "SE eu fosse, SE..." foi um lapso de GAYcura! HUAHAUHAUHAUA...
    Voltei a minha condição de hétero já!
    Bjos, Leninha!

    ResponderExcluir
  5. É vaca tbm concordo com essa parada ae, mtas coisas podem ser ditas cm apenas um olhar. Uma frase clichê mas q eu adogo:"As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar."

    ResponderExcluir