segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Nem tudo é o que parece




Olá meus queridos gatchenhos e gatchenhas, vocês estão bem??? Espero que estejam bem e cheios de saúde (profundo não é?! risos).

Cada dia que passa estou mais sumida daqui minha gente querida...que feio e eu sei disso, porém ando meio distraída e distante do mundo virtual (milagre???uhum, sim) Mas sinto saudades de publicar, ocupar meu tempo com o blog, confesso que na minha vida o blog é o que me da menos dor de cabeça e trabalho.
Eu andei pensando em um assunto que particularmente falando acho muito interessante e que diz respeito a julgamentos. Todos nós julgamos e somos julgados e isso é fato, porém muitas vezes erramos por querer julgar demais antes mesmo de conhecer profundamente a pessoa e então chegamos ao ponto que eu queria. Afinal "Nem tudo é o que realmente parece". Fico pasma com alguns atos de algumas pessoas e confesso que cada momento é uma surpresa, penso até que cheguei ao mundo hoje para perceber certas coisas que sempre estiveram na minha cara, mas será que isso é falta de malícia?realmente não sei explicar o que é (triste??sim, mas merece risos)
E realmente nem tudo é o que parece, pense em quantas pessoas julgamos serem boas, acolhedoras e super simpaticasssssssssss, mas em algum momento você começa a observar alguns atos e conhecer melhor esse ser. Daí você no mínimo cai duro no chão (risos) e vê que não é nada disso, que a pessoa é quase um monstro em forma de gente, com garras e veneno escorrendo pelos cantos da boca (viagem né? mas a parada é viajar na maionese mesmo...eu adoro viajar e estava esquecendo até como era essa sensação de botar minha imaginação para viajar em coisas saudáveis) então voltando ao assunto, acabamos percebendo que a pessoa não é nada daquilo que parecia ser, assim como julgamos algumas pessoas serem super chatas e que não vamos de forma alguma com a cara da pessoa sem ao menos nos darmos oportunidade de conhecer, porque às vezes a pessoa até dá oportunidade, mas nós que não damos nenhuma para conhecer. E isso é o que mais acontece e o que mais me surpreende, confesso que acho fantástico tudo isso, nós mesmo nos enganamos, caímos na nossa própria armadilha e acho que deveríamos parar um pouco com isso. Eu sei minha gente que tem vezes que realmente não vamos com a cara da pessoa, mesmo trocando idéia e conhecendo um pouco melhor continuamos a não gostar (daí não tem jeito risos), mas se ao menos dermos aquela oportunidade...pois às vezes aquela pessoa pode pensar o mesmo de você e fica te julgando sem ao menos saber que tipo de papo você tem.
Enfim minha gente o que realmente quero dizer é para não julgarmos tanto assim, sem ao menos conhecer a pessoa, pois nem tudo é o que realmente parece e que muitas vezes podemos nos surpreender tanto para o lado bom e tanto para o lado ruim, mas espero que seja sempre para o lado bom, afinal surpresas boas e gostosas, quem é que não gosta de ter? (risos)
Não costumo fazer dedicações, mas hoje é o dia...então deixo aqui um abraço para minha amiga Japa que acompanhou o nascimento do meu blog lixa*** rs seu blog ta ÓTEMOOOOO rs
E é claro que eu deixo pro meu malandro um abraço e um beijo gostoso...porque pra ele abraço e beijo vale rs.



terça-feira, 12 de julho de 2011

Dia Ensolarado...




Queridos Leitores,
Tenho que dizer que estou com saudades, mas isso já esta tão repetitivo que estou com vergonha (risos). Não sei o que me da para abandonar o blog desse jeito minha gente...só que eu não gosto de botar qualquer coisa, gosto de pensar e refletir no que vou escrever. Hoje estava mergulhada em meus pensamentos e pensei sobre o blog então eu pensei que se meu cérebro fosse fotográfico ou fosse tipo um computador para gravar todos os meus pensamentos meu blog não estaria tão abandonado assim, sendo que minhas idéias estariam gravadas e esse é o problema, pois tenho idéias só que são tantas coisas durante o dia que acabo esquecendo um pensamente ou um tema interessante. Enfim...1 minutos de silêncio pro blog (risos) Ele merece (risos,risos e mais risos)...
Então meus queridinhos do Paradisíaco Brasil, hoje vou contar uma história. Sim, hoje quero ser contadora de história ou se assim posso dizer história misturada com estória, mas fala sério hoje em dia nem se usa mais a palavra "estória" (acabei de pesquisar no google rsrs) e segundo o meu professor "Google" hoje se usa mesmo é a palavra história. Mas pra que tantos detalhes?!boa pergunta (risos) Vamos direto ao que interessa.


Demétrio sempre fora um tanto quanto estranho, mas ele sabia encantar a Morgana, era algo mágico e inexplicável, mas era a realidade. Demétrio tinha um charme que Morgana não sabia explicar, era algo tentador demais para a doida da Morgana. Enquanto para Demétrio a Morgana era Morgana demais pra ele. Na verdade os dois são a combinação fantástica que os Deuses resolveram unir...os dois com suas estranhezas que sós eles sabiam lidar. O amor ali era mais que evidente, era um fato, mas sempre com altos e baixos, coisa normal de casal.
Morgana amou Demétrio desde o momento que o viu, amou mesmo sem saber que estava amando (confuso né?!rs) e com Demétrio não foi diferente, foi tipo "tiro e queda" ou "a paixão me pegou, tentei escapar não consegui..."
Certo dia Morgana e Demétrio brigaram uma briga pequena, mas qualquer briga pequena para os dois era quase um furacão. Porém, os dois teriam que ficar lado a lado, afinal de contas iriam viajar juntinhos e estava ai o problema. Nenhum dos dois suportava olhar pra cara do outro, tudo estava demais.
Os dois estavam na estrada e ainda por cima com cara emburrada. Demétrio concentrado dirigindo e Morgana olhando pro nada pensativa. Era tarde e o sol clareava todo o céu, ventava e dava um ar gostoso na viagem. Apesar do desconforto por não se falarem tinha algo no ar, algo sublime que só os dois sabiam e então no céu tinha nuvens, nuvens parecendo algodão. Cada raio de sol batia nas nuvens deixando em relevos e fazendo tudo ficar mágico. Então Morgana chamou a atenção de Demétrio para o céu e disse que sentia saudades de viajar pelas nuvens com ele e pediu desculpa pela briga. Demétrio então falou para jovem que o que seria deles sem as brigas para notarem que as coisas mais pequenas e singelas desse mundo fizeram parte de todo o amor existente em ambos. E um tanto quanto diferente os dois sabiam que algo os unia e que era mais forte do que os olhos poderiam ver, era algo pra se sentir...




Sem mais o que dizer.
Sintam-se abraçados e beijados.





segunda-feira, 16 de maio de 2011

Nostalgia...




Caramba que saudade do blog...to passada de como faz tempo q não posto nada.
Não tenho motivos para ter deixado de postar, pois tenho tempo, mas acho que me falta inspiração ou todas minhas inspirações e loucuras estão sendo soltas, porém não no blog (risos). Toda às vezes que venho escrever no blog eu desisto, acho que eu precisava de um tempo (só não sei para que tanto tempo, mas sei que precisava rs), mas decidi tomar coragem e vergonha na cara e postar pelo menos alguma coisa.
Estava eu aqui em minhas lembranças (que no momento eram as melhores possíveis) e vendo videos no youtube, quando me lembrei de uma música que eu ouvia bastante e que me lembra uma pessoa muito especial. O nome da música é Sonho de Ícaro/Byafra e logo digo que é uma música que cai bem aos ouvidos. Essa música me faz viajar nos pensamentos mais puros e sinceros possíveis, me faz olhar para o céu e ver que existe algo além de um dia infeliz e logo começo a enxergar o mundo de uma forma mais feliz e fantasiando o mundo com fadas e gnomos (risos). Além disso, essa música está ligada a uma pessoa que amo demais e que faz uma diferença enorme, me lembra momentos nunca mais vividos e digo nunca mais vividos porque sei que as coisas mudam, crescemos e muitas vezes as coisas simplesmente vão mudando e vão sendo deixadas para trás como num passe de mágica se torna algo tão distante, uma vaga lembrança.
Então vou contar sobre a pessoa e os momentos assim vividos. Essa música me lembra meu Tio Sid e só meu viu?!sim porque confesso que sou um pouco (muito) ciumenta com quem eu amo,mesmo sabendo que não deveria ser assim, mas eu sou (risos) e porque ele é só meu mesmo (sentiu o sentimento de posse dai?! risos) Tirando a pequena grande crise de posse com ciúmes volto a falar do tio que é só meu. Então...quando eu era criança eu viva na casa da minha avó, aonde Tio Sid mora e todos iam pra lá (todos quem?minha mãe e meu irmão) e a "parada" na época era o seguinte..."PRAIA" rs sim sim sim praia minha gente, quase todo fim de semana eu ìa a praia com Tio Sid e muitas vezes ele botava essa música no carro e eu como uma boa viajante desde criança ficava a olhar para a janela e viajava na música. Nas idas e principalmente nas vindas da praia ele botava essa música e acabou marcando essa época da minha vida, onde parecia não existir problema e que a união era mais presente. Quantas vezes eu ia sozinha na praia com Tio Sid escutando essa música e digo pra vocês que é uma lembrança tão boa e gostosa de sentir, que consigo até sentir a brisa, o vento em meu rosto, a água do mar em minha pele, o céu todo azul com poucas nuvens, o verde forte do mato e até mesmo o silêncio existente entre mim e o Tio Sid, mas que era gostoso, pois não precisavamos conversar para compartilhar algo, sendo que o silêncio era algo intimo e dizia muito entre nós.
E hoje vejo com muito mais clareza que esses momentos simples são os que fazem mais falta em minha vida, mas sei que aproveitei muito da minha infância com as pessoas que eu amo. Mas sei que vou escutar de novo a música Sonho de Ícaro/Byafra, voltando da praia com Tio Sid e compartilhar aquele silêncio gostoso que só eu e ele entendemos...
Irei deixar uma frase para refletirem e a letra da música com o vídeo, para quem não conhece passar a conhecer e para quem conhece ouvir e ler a letra se assim gostar.
Sintam-se abraçados e beijados.




"Existem momentos na vida da gente, em que as palavras perdem o sentido ou parecem inúteis, e, por mais que a gente pense numa forma de empregá-las elas parecem não servir. Então a gente não diz, apenas sente."  (Sigmundo Freud)

Sonho de Ícaro - Byafra
 Voar, voar
Subir, subir
Ir por onde for
Descer até o céu cair
Ou mudar de cor
Anjos de gás
Asas de ilusão
E um sonho audaz
Feito um balão...
No ar, no ar
Eu sou assim
Brilho do farol
Além do mais
Amargo fim
Simplesmente sol...

Rock do bom
Ou quem sabe jazz
Som sobre som
Bem mais, bem mais...
O que sai de mim
Vem do prazer
De querer sentir
O que eu não posso ter
O que faz de mim
Ser o que sou
É gostar de ir
Por onde, ninguém for...
Do alto coração
Mais alto coração...
Viver, viver
E não fingir
Esconder no olhar
Pedir não mais
Que permitir
Jogos de azar
Fauno lunar
Sombras no porão
E um show vulgar
Todo verão...
Fugir meu bem
Pra ser feliz
Só no pólo sul
Não vou mudar
Do meu país
Nem vestir azul...
Faça o sinal
Cante uma canção
Sentimental
Em qualquer tom...
Repetir o amor
Já satisfaz
Dentro do bombom
Há um licor a mais
Ir até que um dia
Chegue enfim
Em que o sol derreta
A cera até o fim...
Do alto, coração
Mais alto, coração...
Faça o sinal
Cante uma canção
Sentimental
Em qualquer tom...
Repetir o amor
Já satisfaz
Dentro do bombom
Há um licor a mais
Ir até que um dia
Chegue enfim
Em que o sol derreta
A cera até o fim...
Do alto, o coração
Mais alto, o coração...

sexta-feira, 4 de março de 2011

Malandro é Malandro e Mané é Mané





Malandro Malandro Mané é Mané rs
Meus queridos leitores, como sempre eu aqui me desculpando pela minha demora para postar (até parece que tenho muitos leitores né?!mas se tenho algum eu respeito e até amo, afinal lê o meu blog rs) Então jovens, hoje não irei dizer muitas coisas até porque estou uma pessoa de poucas palavras no presente momento (será que não vou dizer muita coisa?!vai saber...as idéias brotam numa facilidade na minha cabeça que até eu duvido do que eu falo rs).
Ai Galera, carnaval batendo na porta de todos nós (MARAVILHA), então desde já desejo um ótimo carnaval para todos, com muita alegria e paz, que saibam curtir com sabedoria e não façam nada que gere arrependimentos futuros hein?! Então responsabilidade e juízo leitores.

Ahhhhh esse ar boêmio que às vezes me pega de jeito (rs)...então é com esse ar boêmio que deixarei a letra da música "Malandro é Malandro e Mané é Mané" (Bezerra da Silva) junto com o video do youtube (sambinha básico - adoro -). Meus caros sintam-se beijados e abraçados (em especial aquele abraço e beijo pro meu malandro de todos os dias rs)


Malandro é Malandro e Mané é Mané

E malandro é malandro
Mané é mané
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é...

Malandro é o cara
Que sabe das coisas
Malandro é aquele
Que sabe o que quer
Malandro é o cara
Que tá com dinheiro
E não se compara
Com um Zé Mané
Malandro de fato
É um cara maneiro
Que não se amarra
Em uma só mulher...
E malandro é malandro
Mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Olha aí!
Podes crer que é...

Já o Mané ele tem sua meta
Não pode ver nada
Que ele cagueta
Mané é um homem
Que moral não tem
Vai pro samba, paquera
E não ganha ninguém
Está sempre duro
É um cara azarado
E também puxa o saco
Prá sobreviver
Mané é um homem
Desconsiderado
E da vida ele tem
Muito que aprender...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é
E malandro é malandro
E mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é...







terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Tudo de Bom...




Meus queridos e poucos leitores rs

puts quanto tempo não escrevo aqui, apesar de entrar todos os dias no blog. Às vezes penso que me falta certa loucura e inspiração para escrever aqui, pois penso que quero escrever algo que pelo menos faça sentido para a minha pessoa...mesmo que não faça sentido algum para outros seres (não sei pq rs)
Sabe o tempo passou e muitas coisas aconteceram, o natal veio, o ano novo, meu aniversário, dentre outras mil coisas (rs) Desde já espero que todos tenham tido um natal maravilhoso (apesar de não ligar muito pra isso), mas ligo para a confraternização, para o momento em que todos se unem, mesmo que seja só para comer e beber. Na verdade eu ligo mais para o Ano Novo do que para o natal, pois acho deprimente por vários motivos que não vem ao caso. Agora com muita alegria eu realmente espero que tenham tido uma passagem de ano memorável, que tenha sido bom para todos, mas além de tudo isso, desejo tudo o que esta na imagem acima: GENTILEZA, CORAGEM, EQUILIBRIO, SABEDORIA, RESPEITO, AUTENTICIDADE, ALEGRIA E PAIXÃO. E que tudo isso faça parte do ano de 2011 e de outros anos que estão por vir, sei que é difícil né?! (muitooo difícil rs), mas vamos fazer um esforço para que fique mais fácil meus lindos leitores (lindos?! vai saber rs).
Bom, quero elogiar o blogPB ou Colorda Japa (Lívia) na qual esta crescendo de um modo que me orgulho muito, pois sempre leio apesar de não comentar sempre. Às vezes não estou no meu melhor dia, mas ai passo nesse blog e tudo muda, pois são palavras que muitas vezes me conforta, aliás, só de conversar com essa figura já me deixa feliz. Hoje é uma grande amiga e que faz parte do meu dia-a-dia e que sabe da minha vida. Então Japa, que o seu blog tenha mais sucesso do que em 2010 e que continue brilhando assim como você.
Ah quero deixa bem claro que esse ano já começou bem, as coisas estão andando, o que era diferente em 2010, onde parecia que tudo estava estagnado (meus caros é horrível essa sensação de tudo parado) já esse ano tudo ta correndo e evoluindo de um jeito que estou gostando e sei que vou conseguir o que planejei para esse ano.
E já me despedindo só digo isso...que gostoso sentir esse sentimento...
Sintam-se abraçados e beijados sempre.




A vida te dá surpresas, surpresas te dá à vida