sexta-feira, 4 de março de 2011

Malandro é Malandro e Mané é Mané





Malandro Malandro Mané é Mané rs
Meus queridos leitores, como sempre eu aqui me desculpando pela minha demora para postar (até parece que tenho muitos leitores né?!mas se tenho algum eu respeito e até amo, afinal lê o meu blog rs) Então jovens, hoje não irei dizer muitas coisas até porque estou uma pessoa de poucas palavras no presente momento (será que não vou dizer muita coisa?!vai saber...as idéias brotam numa facilidade na minha cabeça que até eu duvido do que eu falo rs).
Ai Galera, carnaval batendo na porta de todos nós (MARAVILHA), então desde já desejo um ótimo carnaval para todos, com muita alegria e paz, que saibam curtir com sabedoria e não façam nada que gere arrependimentos futuros hein?! Então responsabilidade e juízo leitores.

Ahhhhh esse ar boêmio que às vezes me pega de jeito (rs)...então é com esse ar boêmio que deixarei a letra da música "Malandro é Malandro e Mané é Mané" (Bezerra da Silva) junto com o video do youtube (sambinha básico - adoro -). Meus caros sintam-se beijados e abraçados (em especial aquele abraço e beijo pro meu malandro de todos os dias rs)


Malandro é Malandro e Mané é Mané

E malandro é malandro
Mané é mané
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é...

Malandro é o cara
Que sabe das coisas
Malandro é aquele
Que sabe o que quer
Malandro é o cara
Que tá com dinheiro
E não se compara
Com um Zé Mané
Malandro de fato
É um cara maneiro
Que não se amarra
Em uma só mulher...
E malandro é malandro
Mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é
Malandro é malandro
E mané é mané
Olha aí!
Podes crer que é...

Já o Mané ele tem sua meta
Não pode ver nada
Que ele cagueta
Mané é um homem
Que moral não tem
Vai pro samba, paquera
E não ganha ninguém
Está sempre duro
É um cara azarado
E também puxa o saco
Prá sobreviver
Mané é um homem
Desconsiderado
E da vida ele tem
Muito que aprender...

E malandro é malandro
Mané é mané
Diz aí!
Podes crer que é
E malandro é malandro
E mané é mané
Diz prá mim!
Podes crer que é...